Archive for the ‘15 discos’ Category

A voz tristonha de Margo Timmins entoando lamentos country acompanhada da guitarra errática de seu irmão, Michael, faz de “The Trinity Sessions”, álbum clássico dos Cowboy Junkies, marco do fim dos 80. Usando um único microfone “ambisonic”, com a banda tocando ao vivo dentro da Holy Trinity Church, em Toronto, Canadá, conseguiram um incrível efeito […]

Alguns discos nascem de viagens. E algumas viagens não têm volta. Brian Wilson, Syd Barrett e Roky Erickson que o digam. Até o último dia do ano passado eu não conhecia “Singin’ Alone” (embora conhecesse “Loki?” de cabo a rabo), quando meu amigo Rafael Guedes postou o vídeo de “Qualquer bobagem” de Tom Zé no […]

Carole King e Joni Mitchell são cantoras incomuns. A peculiaridade de seus timbres vocais pode causar estranheza. A mim causa, cada vez que as ouço. King é, a seu modo, rouca e bluesy. Micthell possui um registro mais agudo, apelando não raramente para o falsete. King é a típica compositora bittersweet dos anos setenta. Seu […]

Quando meu pequeno João nasceu, eu estava ouvindo “The Suburbs” do Arcade Fire, indo e vindo de bicicleta do hospital para casa, com fones de ouvido. Até, numas dessas, esquecer a bicicleta no estacionamento do hospital e ser roubado. Bye, bye, bike. Só não senti o impacto da perda, eu que tanto amo as […]

Preciso escrever sobre “… famous last words…”, último álbum do Supertramp. Só depois de terminados os anos 80 e sua revolução pós-punk e os anos 90 com o indie rock e a tempestade grunge  é que pude purificar meus ouvidos preconceituosos e entender o quanto ele fora importante para mim. “… famous last words…” do Supertramp  é […]

O texto de Lester Bangs sobre Astral Weeks, disco seminal de Van Morrison, não está à altura do disco. Louco é quem diz ser o famoso escrito do crítico superior à obra em si. Bangs coloca as semanas astrais de Van como filhas de seu tempo. As obras de gênio são antes mães de seu […]


"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]