Bernanos e o Dogma da Imaculada Conceição

In: Cristianismo

11 dez 2016

immaculate-conception-uk

“O mundo antigo, o mundo doloroso, o mundo anterior à Graça embalou por muito tempo em seu coração desolado – por séculos e séculos – a espera obscura e incompreensível de uma ‘Virgo Genetrix’. Mas repare, Maria não teve triunfo nem milagres. Seu Filho não permitiu que a glória humana a tocasse, ainda que com a mais tênue extremidade de sua grande asa selvagem. Ninguém viveu, sofreu e morreu tão simplesmente, e numa ignorância tão profunda de sua própria dignidade, de uma dignidade que no entanto a coloca acima dos anjos. Pois afinal ela havia nascido sem pecado, que espantosa solidão! Uma fonte tão pura, tão límpida que nem ela podia ver a própria imagem refletida, feita apenas para a alegria do Pai – ah, solidão sagrada! Os antigos demônios familiares do homem, senhores e servidores reunidos, os terríveis patriarcas que guiaram os primeiros passos de Adão à soleira do mundo maldito, a astúcia e o orgulho, olharam de longe essa criatura miraculosa colocada fora de seu alcance, invulnerável e desarmada.”

(Diário de um Pároco de Aldeia)

Comentários Fechados.

"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]