Posts Tagged ‘“O santo que marcou minha vida”

Porque era um douto judeu, um perseguidor de cristãos, e passou a Apóstolo, convertido pelo próprio Cristo. Porque era um filósofo – discutia em Atenas; era um poeta – escreveu 1 Coríntios 13; e não obstante, fez-se louco para o Mundo por amor a Cristo, fez-se um trabalhador – construía tendas. Porque tinha a têmpera […]

Lúcia, mais tarde Irmã Lúcia, Francisco e Jacinta, outubro de 1917   Precisamos de bons modelos e por precisarmos deles julgo ser mais importante lermos a vida dos santos que nos entranharmos em pretensas  especulações teológicas, por mais importantes sejam. Do contrário, seremos católicos de enfeite que pensam ser o próprio São Tomás de Aquino. […]

É com grande alegria que acorro ao chamamento do meu querido amigo Sérgio de Souza, o talentoso editor do blog O Camponês, para que me pronuncie quanto a “O santo que marcou a minha vida”. Depois de muita meditação, resolvi me fixar – para escândalo dos meus amigos “tradicionalistas” – na figura extraordinária do Papa […]

São Benedito José Labre é um santo raro, um santo diferente. Diferente não só dos outros santos – ou, melhor, tendo tomado um caminho de santidade diverso dos mais usuais – ele pode, até, ser dito diferente do que se espera encontrar quando se vê um santo. Não foi, enquanto literalmente caminhava por este mundo, […]

Falar sobre santos que marcaram a minha vida é difícil. Eu, como o meu caro Fábio Salgado, também sou um ex-protestante e estou aprendendo a apreciar a riqueza da comunhão dos santos, um importante valor do depósito da fé católica. Diria que vários santos irmãos me acrescentaram em algum momento: São João Batista, São João […]

Eu devo muito da minha fé a três homens que ainda não são santos. Um, talvez, nunca venha a estar nos altares, mas, certamente, sempre terá o afeto agradecido do meu coração. Esses três homens, um está vivo, outro está com processo de beatificação iniciado e o outro foi aquele que, junto com (ou por […]

Posso dizer que antes de tudo, não sou lá o maior exemplo de católico praticante. Na verdade, não sou lá exemplo para muita coisa. Quanto mais para falar de homens Santos! Mas vamos lá. Afinal, se é possível a nossa ressurreição, que seja possível eu fazer justiça com estas poucas palavras ao santo de minha […]

(Santo Agostinho, Caravaggio) Há na vida de Santo Agostinho uma série de imagens fulgurantes que ele cristalizou em suas Confissões e que se tornaram marcos permanentes, pelos quais a humanidade posterior pôde inteligir seus dramas interiores. Memória e consciência, tempo e eternidade, vida e morte, beleza e amor. Deus. Todas essas imagens caminham comigo desde […]

Santo Irineu de Lyon marcou minha vida, como graça especialíssima de Deus. Foi ele quem me despertou para a verdade do Evangelho. Alguns já conhecem essa história. Para quem não a conhece, vou resumi-la. Por 10 anos, vivi na ilusão da gnose. Dos 18 aos 28. Com 28 anos de idade, eu já havia sido […]

Tenho vários santos que marcaram a minha vida, e posso citar Santo Agostinho em especial pelo profundo trecho: Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu te amei! Eis que habitavas dentro de mim e eu te procurava fora! Eu, disforme, lançava-me sobre as belas formas das tuas criaturas. Estavas […]


"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]