Posts Tagged ‘paulo briguet

O santo que marcou minha vida – difícil escolha entre muitos outros – foi o único que vi pessoalmente, na cidade de São Paulo. Vi o santo a alguns metros de distância: ele no papamóvel, eu no meio da multidão, nos ombros de meu pai. Naturalmente, estou falando de São João Paulo II. É significativo […]

Lembrar de lembrar

In: Crônica

18 out 2014

Paulo Briguet Imagem: Saul Bellow e seu filho Adam Minha rotina é sempre a mesma. Acordo às cinco horas, enrolo uns 15 minutos, rezo um Pai-Nosso e uma Ave-Maria, faço café, dou uma olhada nas notícias, rezo a Oração do Escritor, escrevo até as sete e vou passear com o Cisco, aproveitando para comprar uma […]

“Paulo Briguet é meu cronista favorito!” Quem acompanha O Camponês sabe que esse é um de meus ‘bordões’. Eu o leio como se conversasse com um amigo. Ele tem o dom de, muitas e muitas vezes, escrever o que preciso ouvir. Sou leitor assíduo de suas crônicas no Jornal de Londrina e em seu blog Com […]

Homem-oração

In: Crônica

6 mai 2014

Paulo Briguet Nos últimos tempos procuro fazer da minha vida uma longa e ininterrupta oração. É algo que já tentava, sem saber, desde que era ateu e lia as sentenças intermináveis de Em Busca do Tempo Perdido. Agora, os cânticos gregorianos e ambrosianos têm sido a minha inspiração. E Bach, sempre ele. Rezar sem fim é […]

Coroa de espinhos

In: Crônica

4 abr 2014

Paulo Briguet Não queira um Jesus asséptico, sem dor e sem chagas. Não espere um Jesus intocável, angelical e abstrato. Jesus disse claramente que não veio trazer a paz – mas a espada. Mesmo assim, logo depois de ressuscitar, disse aos apóstolos: “Shalom”. Não peça um Jesus bonzinho, consensual e anódino. Não imagine um Jesus […]

Paulo Briguet Na minha infância, os galos cantavam todas as manhãs. Você estará enganado se imaginar que eu morava no campo, numa aldeia ou em algum tipo de fazenda. Na verdade, vivi meus primeiros 12 anos no centro de São Paulo. Mesmo naquele emaranhado urbano, alguém criava galos e eles nos acordavam. Hoje os galos […]

Paulo Briguet Gostaria de dizer aos senhores que meu filho continuará brincando de mocinho e bandido, sendo os mocinhos agentes policiais, defensores da lei e da ordem, devidamente aparelhados com armas, algemas e camburões. Em nossas brincadeiras, bandidos seguirão sendo bandidos, e não vítimas da sociedade ou heróis revoltados com a burguesia. Ao final dos […]

Perdeu, playboy

In: Cultura

7 nov 2013

Paulo Briguet Caminhava pelo centro da cidade quando vi a seguinte frase pichada no muro: “Todo camburão tem um pouco de navio negreiro”. Parei por um momento e refleti. Além da ofensa à memória dos escravos – por compará-los a bandidos –, tenho certeza de que a frase fez Castro Alves revirar-se no túmulo. A […]

Paulo Briguet Existe algo em comum entre os santos: todos eles insistem na necessidade da oração constante. A santidade parece ser a arte de transformar a vida numa prece interminável. Podemos manter esse diálogo ininterrupto com Deus nas mais diversas situações – em casa, no trabalho, na rua, no telefone, na internet, na brincadeira com […]

Paulo Briguet Você ficou escandalizado ao ler o relato da matança de inocentes no Evangelho de Mateus. De fato, é uma passagem assustadora. Muitos estudiosos discutem a historicidade do episódio, mas ninguém duvida de que o rei Herodes tenha sido capaz de matar algumas dezenas de crianças em um vilarejo pobre; sabe-se que ele cometeu […]


"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]