Posts Tagged ‘santo agostinho

Opinião de Santo Tomás de Aquino (citando Santo Agostinho). Enaltecer astrologia, no sentido de buscar o “juízo” dos astros sobre o agir e o futuro das pessoas, como algo lícito e compatível com a fé cristã é inteiramente contrário ao que diz a Sagrada Escritura e o grande “Doutor Comum”, Santo Tomás de Aquino. Há […]

Uma Interpretação Alegórica no Novo Testamento. Consideremos a parábola do bom samaritano, tal como ela nos é narrada no Evangelho de São Lucas. Um estudioso da Lei de Moisés, tendo ouvido Jesus falar da necessidade de amar ao próximo como a si mesmo, perguntou-lhe quem era este próximo; esta pergunta deu a Jesus a oportunidade […]

Não precisei pensar muito. Meu salmo é o 39 (O nada do homem diante de Deus ou “Não Silencies diante de mim”). O comentário que posso fazer é, na verdade, o de Santo Agostinho: “De que devo me regozijar? De que me queixar? Regozijo-me pelo que já passou, queixo-me do que ainda resta a fazer. […]

(Santo Agostinho, Caravaggio) Há na vida de Santo Agostinho uma série de imagens fulgurantes que ele cristalizou em suas Confissões e que se tornaram marcos permanentes, pelos quais a humanidade posterior pôde inteligir seus dramas interiores. Memória e consciência, tempo e eternidade, vida e morte, beleza e amor. Deus. Todas essas imagens caminham comigo desde […]

Tenho vários santos que marcaram a minha vida, e posso citar Santo Agostinho em especial pelo profundo trecho: Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu te amei! Eis que habitavas dentro de mim e eu te procurava fora! Eu, disforme, lançava-me sobre as belas formas das tuas criaturas. Estavas […]

  Eu não creria no Evangelho, se a isto não me levasse a autoridade da Igreja Católica. (St. Agostinho – Contr. Epist. Manichaei. v, 6)   Fui convidado pelo amigo vascaíno Sérgio de Souza, do blog “O Camponês” para responder esta difícil pergunta. Afinal foram muitos santos importantes em diversas etapas da minha vida. Aliás, nem é tão difícil, basta não focar em determinada […]

    Novamente e honradamente convidado a responder mais uma pergunta do nosso amigo O Camponês, gostaria aqui de compartilhar, ainda que brevemente, aspectos de um santo que marcou minha vida.   Falo de Santo Agostinho, cuja história e conversão me é muito cara. Nascido em Tagaste no ano de 354 da era Cristã, Agostinho […]

Imagem: Batismo de Santo Agostinho por Santo Ambrósio O santo que marcou minha vida foi Agostinho de Tagaste, bispo de Hipona — o que não deixa de ser curioso, pois, dos quinze aos vinte anos, movi-me na órbita da Companhia de Jesus, primeiro nos três anos de curso clássico, que fiz, como seminarista menor, no […]


"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]