Posts Tagged ‘thomas merton

“Devido à profunda e completa conversão de meu intelecto, eu me julgava totalmente convertido. Pelo fato de acreditar em Deus e nos ensinamentos da Igreja, e de estar preparado para passar a noite toda discutindo com quem quisesse, eu imaginava que era até mesmo um cristão zeloso. Mas a conversão do intelecto não basta. Enquanto […]

  [Trecho de oração a Nossa Senhora do Monte Carmelo] “Ensina-me a ir para o campo, além das palavras e dos nomes. Ensina-me a orar deste lado da fronteira, aqui no meio destes bosques. Preciso ser conduzido por ti. Preciso que meu coração seja guiado por ti. Preciso que minha alma seja limpa por tua […]

“Um século atrás, no início da I Grande Guerra que o Papa Bento XV definiu «massacre inútil», nascia outro americano extraordinário: o monge cisterciense Thomas Merton. Ele continua a ser uma fonte de inspiração espiritual e um guia para muitas pessoas. Na sua autobiografia, deixou escrito: «Vim ao mundo livre por natureza, imagem de Deus; […]

Love

In: Perplexidades

6 set 2015

“…the most important element in the contemplative life is not knowledge but love…” (Thomas Merton, Ascent to Truth)

*** Foto: Ralph Eugene Meatyard

No dia 26 de maio de 1949, durante a Solenidade da Ascensão do Senhor daquele ano, o jovem Frater Louis (Thomas Merton) era ordenado sacerdote aos 34 anos de idade, na Abadia de Gethsemani. O trecho a seguir foi retirado do início da quarta parte do livro ‘O Signo de Jonas’, um importante diário que […]

A contemplação é a mais alta expressão de vida intelectual e espiritual do homem. É a própria vida do intelecto e do espírito, plenamente despertada, plenamente ativa, plenamente consciente de que está viva. É um espanto espiritual, uma admiração. Um temor espontâneo, reverencial, diante do caráter sagrado da vida, do ser. É gratidão pelo Dom […]

Thomas Merton

In: Fotografia

7 jul 2015

Thomas Merton não era perfeito. E pode não ter sido um santo.  Mas era, de fato, um mestre da vida espiritual e sua vida e obra teve um efeito profundo sobre mim e uma multidão de pessoas ao redor do mundo. Fr. Barron oferece um tributo em seu 100º aniversário de nascimento.


"A religião não era o ópio e sim a poesia da humanidade".

(Harold Bloom sobre Flannery O'Connor).

  • alice franca leite EX´-Cafezeiro: Gosto demais dos autores católicos como Lucio Cardoso:passei mais de 3 anos ruminando o seu Diário [...]
  • sergio: Olá querido, Enzo! Tudo bem!Seu blog faz muita falta! Era charmoso e sofisticado! Uma raridade na b [...]
  • Enzo Potel: Oie, Sérgio! Tudo bom? Sempre bom voltar a seu blog e encontrar alguma menção à Flannery O´Co [...]
  • sergio: Delma, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mul [...]
  • sergio: Dailza, Minha esposa tem um blog. Como esse assunto é mais fácil de ser tratado de mulher para mu [...]